Dom Casmurro chileno

Quem não conhece o quadro A Origem do Mundo, de Gustave Courbet, e se propuser a procurá-lo no Google, provavelmente haverá de sentir um sobressalto. A partir dele se desenvolve o livro de mesmo nome em que o médico chileno Patrício Illanes percebe-se atormentado pela desconfiança de que sua mulher o tivesse traído com seu recém-falecido amigo.

Qualquer semelhança com o enredo de Dom Casmurro não é mera coincidência. O autor Jorge Edwards já se dedicou a um estudo sobre Machado de Assis e confessadamente diz ter se inspirado na obra do escritor brasileiro para compor a aflitiva dúvida de seu personagem. Aliás, aqui está mais um exemplo a confirmar a importância de Machado de Assis para além das nossas fronteiras.

A trama é ágil, menos por falta de sofisticação narrativa e mais por habilidade técnica do escritor. Nesse aspecto, Mario Vargas Llosa, que assina o posfácio do livro, chama a atenção para a engenhosidade com que foi narrada a morte do personagem Felipe Díaz.

Diferente de Dom Casmurro, o livro de Jorge Edwards não pretende embrenhar-se pelos labirintos das versões enigmáticas. Ao final, ao menos para nós leitores, a questão se resolve sem espaço para dúvidas. E o modo como se revela a verdade é também um grande atrativo do romance. O leitor saberá por quê.